A MULHER CRISTÃ E SEUS DESAFIOS




“E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.
                                                             Romanos 12:2



Vivemos um tempo como nenhum outro. É a era da tecnologia, das imagens, da informação e das rápidas mudanças. Os tempos mudam. Quando olhamos para a história percebemos que cada época foi marcada por determinadas mudanças. Por muitos séculos, a percepção que se tinha da vida, do mundo, de Deus e do homem era quase sempre visualizada por uma perspectiva bíblica. Mas, nos tempos modernos, a sociedade foi invadida por conceitos materialistas e existencialistas, que mudaram completamente a cosmovisão dos indivíduos. As verdades eternas têm sido trocadas pelas idéias pós-modernas. Precisamos discernir o nosso tempo, Jesus disse: “Hipócritas, sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu e, entretanto, não sabeis discernir esta época?” (Lucas 12:56).
Mas o que vem a ser essa tal de Pós-Modernidade? Literalmente falando significa após a modernidade. Podemos dizer de um modo muito simplificado, que na modernidade Deus, como o Absoluto e o Fundamento para a visão de mundo e dos seus valores, foi substituído pela Razão. De um modo geral, tudo que se afirmava só teria valor se fosse aprovado pela razão, única em condições de decidir sobre a verdade.
O homem moderno passou a crer no que se podia provar, não no que se alegava. Essa nova postura também trouxe consigo a ideia do desenvolvimento da humanidade através do conhecimento científico, prometendo a emancipação do homem. Mas quando olhamos para trás concluímos que esse projeto da modernidade falhou, ou seja, houve um grande avanço da ciência e da tecnologia, mas também o desenvolvimento de armas de destruição em massa, a primeira e a segunda guerra mundial, a devastação da natureza, a degradação moral, entre outras coisas. Mesmo assim a sociedade não se voltou para Deus. E se a modernidade substituiu Deus pela razão, a pós-modernidade removeu a razão não colocando outra coisa no seu lugar. Basicamente essa é a situação pós-moderna: não há fundamentos!
Segundo os estudiosos, pós-modernidade é o nome atribuído às transformações ocorridas nas ciências, nas artes e nas sociedades avançadas desde 1950, quando, por convenção, se encerra o modernismo (1900-1950). Realmente, o nosso mundo cultural tem passado por uma revolução extraordinária. Mas há também uma mudança que ocorre silenciosamente, aonde novos conceitos vão sendo propostos.
Resumindo, esse sistema é caracterizado por conceitos como: Relativismo (os valores absolutos deixaram de existir); Hedonismo (o prazer tornou-se o alvo principal da vida); Pluralismo (ninguém pode reivindicar que está com a verdade; uma vez que a verdade é relativa, não existe mais Verdade, mas verdades); Pragmatismo (a validade de uma doutrina é determinada pelo seu bom êxito prático); Liberalismo (cada um livremente constrói o seu padrão de conduta, as tradições e os padrões de conduta para o homem, como a Bíblia, por exemplo, devem ser deixados de lado porque negam ao homem a sua individualidade).
Perceba que a ênfase da pós-modernidade está no homem e a sua própria satisfação. O homem se tornou o Seu Deus. Isso soa familiar? “Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus sereis, conhecedores do bem e do mal” – Gn 3:5 (grifo meu). Essa foi a sugestão de Satanás quando enganou a Eva.
Este é o século em que vivemos e com o qual não podemos nos conformar, porque apesar das épocas mudarem, os nossos desafios como mulheres crentes em Jesus Cristo, ainda são os mesmos (Romanos 12:2). Quais são esses desafios? Obedecer aos padrões estabelecidos por Deus, apesar das pressões da pós-modernidade.
Viver uma vida transformada exigirá de nós disciplina no estudo da Palavra de Deus para renovação da nossa mente (Js. 1:8; Sl. 1:1, 2), perseverança na oração para comunhão diária com Deus (Cl. 4:2) e muita vigilância (1 Pedro 5:8). Portanto, minha irmã, se você quiser experimentar as ofertas da pós-modernidade (ou como diz a Bíblia, os prazeres transitórios do pecado – Hb. 11:25) não precisa fazer nada é somente seguir o curso deste mundo, mas se quiser experimentar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus continue obedecendo a Sua Palavra. Este é o maior desafio para você neste mundo pós-moderno.

             

                                               Por: Rosemeire Mitsunaka

FONTE:  http://adpalmafrancamulheres.wordpress.com




Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A ORAÇÃO ABRANDA O CORAÇÃO

A IMPORTÂNCIA DO DIÁLOGO PARA UM CASAMENTO FELIZ